Armadilhas do forex

Quantidade elevada de trades

 

O “overtrading” – quantidade elevada de negócios – é o “mal do século” para quem está na área de investimento, principalmente no mercado forex. Os traders do forex tem mais chances de obter essa doença do que em qualquer outro mercado. Isso acontece pelo funcionamento em 24 horas por dia e sete dias (ou cinco para investidores individuais) por semana. 

Um outro fator que ajuda isso é o da capacidade de possuirmos plataformas avançadas e muito fáceis de serem manuseadas, além da vasta quantidade de ativos disponíveis no mercado. Os traders iniciantes tem uma máxima em suas mentes: “ quanto mais se operar, mas dinheiro se ganha”. Sinto muito informar, mas essa máxima está totalmente equivocada.

Quando estamos falando de negócios o que, realmente, dá dinheiro não é a quantidade de negócios, mas sim a qualidade do negócio. É nesse ponto que conseguimos distinguir amadores dos profissionais. Enquanto os primeiros negociam várias vezes por dia, os segundos abrem uma ou duas posições por semana.

 

Outro fator que faz ficar fácil distinguir um amador de um profissional é o seguinte comentário: “nossa, eu não tenho paciência para esperar tanto”. Quanta inocência. Podemos esperar o melhor momento para abrir uma posição e mesmo assim conseguiros lucros suficientes para cobrir os lucros de 20 operações em gráficos de 5 minutos. Acredite, o “overtrading” não vai te ajudar em nada. Pelo contrário, você vai adquirir duas outras doenças: ansiedade e estress.

Você sabia que Jorge Soros fez a quantia fantástica de 1 bilhão de dólares em apenas um dia, utilizando a venda da libra esterlina no ano de 1992? Pois é, o cara esperou o momento certo e e apertou o gatilho de venda! Por tanto, crie um plano de trading, aguarde o setup aparecer nos gráficos, faça gerenciamento de risco e dinheiro e  PIMBA! Solte a sua ordem no mercado.

Quantidade elevada de risco

 

Acima falamos do “overtrading” que significa excesso de negociações. Outro problema parecido com ele é o fato de se assriscar muito no forex. O risco que devemos colocar em todo o gerenciamento do dinheiro deve ser suficiente para nos manter no mercado e por muito tempo e que não destrua o nosso capital. Além de ajudar a identificar operações lucrativas e de um bom risco/retorno.


Os iniciantes começa arriscando muito e acabam alavancando de forma indiscriminada todo o seu capital disponível para investimento. É aí que podemos separar os amadores dos profissionais. Todo profissional sabe quanto deve arriscar em determinada operação, geralmente valores que não passam os 2% da conta de investimento em uma posição.


Quando arriscamos muito o nosso cérebro fica tenso. Por tanto, com a mente fragilizada não podemos fazer boas avalizações dos negócios. Para identificar se você está sofrendo com o excesso de riscos, analise se você está seguindo as seguintes regras:


  • Você consegue dormir tranquilamente à noite se você perder um trade?
  • Não arrisque dinheiro que você não pode perder
  • Não arrisque dinheiro que você possa prejudicar outros bens importantes como: comida ou aluguel
  • Apenas arrisque com dinheiro existente. Nada de fiado!


O problema em arriscar muito é que o medo entra em ação. E com excesso de medo o nosso cérebro não fica livre para pensar traquilamente, prejudicando os nossos trades


Negociando sem educação suficiente


O forex tem uma característica bem peculiar. Ele é única profissão do mundo onde muitos traders pensam que conseguem faturar rios de dinheiro sem qualquer tipo de educação. Eu me surpreendo quando conheço traders inteligentíssimos que não conseguem ganhar dinheiro no mercado e acabam pagando caro por uma formação de trader.  A maioria das profissões tradicionais requerem algum tipo de título, seja um diploma ou um curso de aperfeiçoamento. Um exemplo disso é o engenheiro. O engenheiro não pode e nem consegue sair por aí planejando prédios. Ao contrário, ele fica 5 anos em uma faculdade se matando de estudar e após isso consegue o seu diploma, entrando em seguida no mercado de trabalho.


O forex é a mesma coisa. Para alcançar resultados você deve se educar como outra profissão qualquer. Antes de abrir uma conta real, tenha certeza que já possui conhecimentos suficientes e que já treinou em uma conta de simulação.


O Forex é igual a muitas coisas na vida. Se você não estiver preparado para evoluir e aguentar muita “paulada”, talvez essa não seja uma atividade que se encaixe no seu perfil. Contudo,  se você estiver preparado para comprometer-se ao mercado forex de maneira profissional, pode ter certeza que as suas chances de sucesso aumentam drasticamente.